PodCast 0

Playlist de viagem #11: Escócia

Essa semana nós descobrimos a riqueza musical da Escócia e compartilhamos em primeira mão com vocês!
Quem selecionou essas preciosidades foram nossos primos Natalia e Dave, que moram na Escócia e que têm o gosto musical muito apurado. Ao escutar a playlist, vocês terão várias surpresas ao reconhecer artistas renomados que vocês nem imaginavam serem escoceses! Aproveitem! 😉

 por Natalia Monteiro e Dave Mac

A música escocesa não está apenas nas gaitas de fole! Somos um país com uma longa e orgulhosa tradição musical e, assim como nossa sociedade inclusiva, nós mesclamos várias influências em nossa música. O resultado é uma cena musical diversa, que agrada a vários gostos.
Começando com o mais tradicional, Annie Lennox talvez seja mais conhecida por seus vocais no pop dos anos 80 do Eurythmics, mas seu estilo vocal tem raízes na música tradicional folk escocesa. Você pode perceber mais disso nos seus solos vocais, especialmente na música do filme “Senhor dos Anéis”, “Into the West”. No entanto, para essa playlist, eu escolhi uma de suas músicas mais famosas, “Why”. Se você curte Annie Lennox, Eddie Reader é outra artista que você talvez queira conferir mais sobre. Nessa playlist ela aparece como vocalista na música do Fairground Attraction, “Perfect”. Assim como Annie, sua música atual é baseada no folk escocês. Passando para os cantores, o duo The Proclaimers teve um grande número de hits internacionais com seu upbeat folk, e aqui temos uma de suas mais populares canções, “500 miles”. Ultimamente, uma banda folk muito tradicional, The Corries, escreveu o que se tornou o hino não oficial da Escócia, a música “Flower of Scotland”.

O folk, é claro, tem sido uma grande influência no indie rock, e há uma abundância de indie rockers na Escócia. Belle and Sebastian não alcançaram muito sucesso comercial mas são amados pelos críticos. “Take me out” do Franz Ferdinand, “Chelsea Dagger” do The Fratellis e “Last Request” do Paolo Nutini são os hits do indie que você vai encontrar nessa playlist. Primal Scream foi uma das primeiras bandas a tentar uma mesclagem entre indie e dance, e “Loaded” é uma música típica do seu começo na música.

Enquanto o Primal Scream se distanciou depois da dance music, outros artistas que se dedicaram aos beats eletrônicos podem ser encontrados nas montanhas da Escócia. O grupo KLF foi bem popular no começo dos anos 90, no entanto o único jeito de conseguir sua música digitalmente é de forma ilegal, então eles estão ausentes nessa lista. Entretanto, um dos mais famosos DJs da atualidade é Calvin Harris, que vem da Escócia e eu não poderia deixar de coloca-lo na lista, então curta a música “I need your love”. The Shamen, uma banda cujas canções não foram muito mescladas, eu inclui aqui com um dos seus hits mais suaves, “Indica”. Dance music não é, obviamente, uma invenção moderna, e eu também inclui uma música que aposto que vocês conhecem mas provavelmente não sabem o nome de quem canta ou pra quem foi dedicada a música! Estou falando da “Pick up the pieces” da Average White Band, um funk sensacional dos anos 70.

Por ultimo, resolvi colocar os hits que fizeram a cabeça de multidões, um pouco do rock clássico tocado em estádios. Estou falando de “Don’t you forget about me” (não era essa música que estava em TODO filme dos anos 80? Rsrs) do Simple Minds, “Say what you want” do Texas, e “Vienna” do Ultravox. Está aí uma grande playlist de clássicos memoráveis da música escocesa, e não somente a gaita de fole!

Também recomendamos

Seja o primeiro a comentar!

Deixe uma resposta